Aqui tem

Ju Sobral

Blog com informações, dicas e atualidades sobre a dança do ventre, Voltado para alunas, profissionais e curiosos

Monday, May 30, 2011

A Arte de Ensinar e outras questões


Ai como é difícil, meu Deus!
Primeiro escolhe o tema, o que pode levar semanas.
Daí você vai atrás da música para o tema, uma não, várias. E não quer repitir.
Prepara a sequência, cheia de coisas novas e atuais. Sim, atuais! Porque ninguem quer aprender "coisas do passado".
Arruma a mala e vai....
Chega pelo menos 15 minutos antes do início, prepara a sala, conversa um pouco, coloca as fofocas em dia.
Olha na sala: cadê as alunas???
Ah tá, estão chegando....
Com o maior ânimo começa a dar o alongamento/aquecimento. Super gostoso....
Parte para o tema do dia, seja lá qual for. Por exemplo: oitos (para cima, para baixo, para frente, para trás). É coisa hein!?
Observa as alunas. As reações são das mais diversas: cara de dúvida, cara de alegria, cara de "ok", e a pior: cara de desprezo.
Dar aulas não é das atividades mais fáceis. Digo isso com propriedade de quem já exerceu os mais diversos tipos de profissões: bancária, estagiária, advogada, analista de mercado, secretária, etc...
Sigo um padrão de preparo desde que comecei a lecionar dança do ventre, como podem observar na descrição acima.
Não chego na sala sem saber o que vou dar, nunca! São dias de preparo, semanas. Muito estudo e dedicação. Aposto que isso não ocorre só comigo.
Mas tem dias que realmente nada funciona. Nada colabora.
Está tudo pronto, mas na prática o resultado nem sempre é positivo.
É desde aluna que não vai até som que não funciona. TPM gritando, professora surtando.
E tem sido assim comigo. Estou exausta. Cansada mesmo, tanto física quanto emocionalmente.
As aulas não têm rendido como antes, eu fico mais estressada, meu corpo dói; não durmo direito.
Antes eu falava: legal, hoje vou dar aula.
Hoje eu falo: putz, hoje dou aula....
Voltei a estudar/fazer aula para dar um ânimo e idéias para minhas aulas. Nem isso está adiantando...
Sinto que a insatisfação não é só minha, pois converso muito com outras profissionais. A dança do ventre vem mudando a cada dia com novas inserções ao estilo, novos rostos, novos "porques".
Quem procura a dança do ventre hoje são pessoas diferentes daquelas que procuravam na minha época. Elas querem outras coisas, seguem outros exemplos, dançam diferente, se envolvem de outra maneira.
Fazer o que? Ou você abraça a nova onda ou, definitivamente, vai remar contra a maré....
Mas espera aí! E tudo aquilo que acredita, suas filosofias, suas crenças enquanto profissional? Vai tudo para o lixo?
Já pensei em desistir, mas ainda não é a hora de pendurar as sapatilhas. Preciso me atualizar e mesclar os estilos para não perder minha identidade.
Vou continuar estudando e me aprimorando caso queira oferecer um trabalho à altura da concorrente, porque digno e verdadeiro ele já é!
E quem confiar e acreditar no meu trabalho que me siga, porque o resto, sinceramente, não me interessa mais.

2 comments:

Lory Moreira said...

Calma, Jú... olha, vou te dizer como eu faço quando estou inquieta assim com uma coisa.
Acho que a primeira coisa que vc precisa pensar é em pq dá aulas. É só um meio de adquirir alguma renda? Ou emocionalmente vc se realiza nessa atividade?
São muitas as possibilidades de respostas. Que tal escrevê-las? Escrever ajuda tanto a gente a elaborar nossas questões...
Depois liste os prós e contras da docência em dança. Escreva tb. Analise os prós e os contras. Veja o que pesa mais nesse momento.
Reflita e depois volte-se ao seu coração: pq eu quero continuar dando aulas de dança do ventre?
Fica com essa resposta pra sempre com vc. Ela é sua missão enquanto professora. Se vc tomar posse disso, pode vir o vendaval que for que vc até se molha, mas não esmorece!
Sorte, força e sucesso!

Ju Sobral said...

Lory e suas sábias palavras, como sempre!
estou em conflito mesmo. Não estou na minha melhor fase e para piorar, o "universo" não está colaborando....
De qualquer forma, é como disse, escrever é uma terapia e já tem me ajudado muito a resolver minhas questões.
Tenho certeza que tudo se resolverá, seja como for.
Muito obrigada pelo feed back.
Um beijo e sucesso para nós!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...